Atualize-se Detalhe

Como liderar uma equipe desmotivada

Pouca produção, equipe desinteressada, de canto, desmotivada, sobrecarregados, com faltas frequentes, salário baixo, ausência de plano de carreira ou ambiente de trabalho pesado. Como liderar um time assim?  

Primeiro é preciso identificar se é apenas um funcionário que está nesta situação. Se sim, talvez seja  algum problema pessoal que esteja influenciando ou talvez seja uma má impressão que ele criou a respeito da empresa.  O que cabe ao chefe é chamá-lo para uma conversa individual para entender melhor o que se passa. Agora, se forem mais de dois funcionário, é a hora do gestor entrar em ação, pois o problema está na empresa. 

Existem diversas formas e atitudes que podem ser tomadas para reverter esse quadro: primeiro cheque quais são os motivos para que possa ser dado o devido suporte à equipe, guiá-los a motivação e, consequentemente, melhorar os resultados da empresa. 

Para isso, é preciso conhecer bem seus subordinados. Criar uma comunicação transparente com feedbacks frequentes. Elaborar programas de formação, eventos, palestras, cursos e treinamentos também ajuda, isso faz com que os colaboradores se envolvam com o time da empresa. Além de ajudá-los a criar, reconhecer ou desenvolver novas habilidades, é preciso definir metas e prazos para gerar comprometimento, mas também é necessário acompanhar o desenvolvimento dessas tarefas ao invés de só cobrar por elas, isso faz com que o funcionário se sinta acolhido, seguro, apto e motivado. Conceder gratificações pelas metas atingidas como certificados, viagens, brindes, happy hours e  days-off  são  gestos bem vistos pelos funcionários, pois mostram reconhecimento do trabalho exercido. 

Pois bem, são atitudes tão simples e seguindo essas pequenas dicas da Leroy Merlin certamente você terá uma equipe mais centrada e equilibrada, longe de problemas. Agora, a prática é com você! ;-) 

Compartilhe esta Notícia:
  • Generosidade

    Buscamos desenvolver a auto-estima e o espírito de equipe. Partilharmos o Saber, o Poder e Ter.

  • Honestidade

    Transparência, integridade, ética, autenticidade, confiabilidade. Seja exemplar em suas ações.

  • Respeito Ao Outro

    Humanismo, escuta , consideração, adaptação ao local, respeito às diferenças. Reconheça as diferenças para respeitar as pessoas, pratique a Escuta e a Valorização do AEVA

  • Proximidade

    Proximidade entre as pessoas, com os produtos, os clientes e a realidade da loja. Empatia, relacionamento personalizado, comportamento de prestador de serviço. Quanto mais próximo, mais valiosa será a troca, pratique o acolher do AEVA

  • Coerência

    Inteligência situacional, pragmatismo. Adaptação dos indicadores aos objetivos. Processos claros de decisão. Pratique o que fala e fale aquilo que você pensa.

  • Simplicidade

    Bom Convívio, proximidade, humildade. Troca, receptividade, abertura. Empatia, comunicação, reconhecimento. Esteja disponível e seja simples ao se comunicar, aprender e ensinar.

  • Espírito de Realização

    Audácia, comprometimento, espírito de iniciativa, dinamismo, progresso, senso de economia, busca pelo resultado. Vontade de questionar e de melhorar sempre. Seja perseverante, supere obstáculos e mostre sua capacidade de progredir sempre.